Determinação



* “A diferença entre uma pessoa de sucesso e as outras não é falta de força, nem a falta de conhecimento, mas, particularmente, a falta de determinação” (Vince T. Lombard, treinador)



Rita Palladino/ Press & Mídia



A palavra “determinação” traz em si a inspiração para o sucesso. Determinação significa ‘capacidade de decisão; de resolução’. Todos os dias vemos pessoas se determinando a cumprir bem suas tarefas e elas conseguem fazê-lo, enquanto há outras que apenas dizem a si mesmas: “Ok! Vou tentar e ver no que dá”, e quando chega o final da jornada, nada ou quase nada foi solucionado ou feito.



“É fácil reconhecer pessoas sem determinação”, afirma Valéria Sica Kawai Prado, psicóloga clínica, continuando: “São aqueles que desistem ao topar com o primeiro obstáculo; aqueles que se sentem derrotados antes mesmo de começar a batalha. Aqueles cujas desculpas são maiores que as atitudes”.

De acordo com a psicóloga, ‘determinação’ é o “que mantém a humanidade produzindo. Criando. É a força fundamental para o enfrentamento das dificuldades que, naturalmente, aparecem quando buscamos nossos objetivos”.



Valéria continua: “Determinação não pode ser uma força estática, pois temos de ter a capacidade de buscar alternativas para contornar obstáculos. Portanto, a determinação é uma via que pode levar ao sucesso, mas não é a única”.



Para a psicóloga, a falta de determinação de uma pessoa pode prejudicá-la, bem como afetar negativamente uma equipe de trabalho, uma sociedade etc. “Algumas vezes a pessoa apresenta-se apática e alguém acaba realizando o trabalho por ela. Outras vezes a pessoa não acredita ter a capacidade para realizar seus propósitos, podendo até se sabotar só para provar que estava certa sobre si mesma. Nos dois casos não há vantagem, pois a pessoa sem determinação é com a história da maçã podre em um cesto de frutas boas”, diz.



“A melhor maneira de fazer com que uma pessoa seja determinada é não fazer nada por ela. Às vezes o ‘propósito’ de uma pessoa é não realizar nada e deixar que os outros resolvam. Isso é uma posição infantilizada, passiva. No ambiente de trabalho, a equipe não deve poupar essa pessoa. Deve sim incentivar e exigir, pois só assim essa pessoa encontrará em si a determinação”, conclui.









Um comentário:

Jefhcardoso disse...

Olá Luky Bijoux!
Determinação é o que diferencia o homem!
Parabéns pela postagem!
Prazer em estar aqui!
“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
Gostaria de lhe convidar para que comentasse o meu conto “O CAMINHO PARA A CASA DE PORTINARI”. Ok?
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com